Tuesday, June 27, 2006

O jogo vai começar daqui há exatos 23 minutos e eu me pergunto porque raios uma nação tem que parar sua vida interia por causa de uma estúpida bola e 22 negos se quebrando por causa dela
tá bem, tá bem
futebol é divertido
mas eu odeio o fato de as pessoas acharem que só pq é copa do mundo que a vida tem que parar, que todo dia de jogo é dia perdido (são só 2h, poxa!), que tem que podrar religiosamente do hino nacional ao penalti
e é só o brasil perder que os grandes patriotas começam a falar mal
ai, torcedores, enfiem as cornetas no rabo!

Escrito por ballerina às 7:40 AM

Comment: 41

Friday, June 23, 2006

praticamente uma leminski

mariela
ri
ela
ela
ri
mar i ela
o mar,
e ela
ela
que vai
que sai
que cai
ela, eu
eu
que entro
pra dentro
do fundo
do centro
e lamento
mas me contento
com o que penso
e não penso
só sinto, não minto
mas deixo
o recinto
e vou
não vou?
já fui
voei
e pousei
em outra dimensão...



_


num tem nada a ver isso aí de cima
mas brincar com palavras é um belo jeito de esquecer
ou de lembrar, sei lá!

_

Escrito por ballerina às 3:02 PM

Comment: 2

Saturday, June 03, 2006

Take a sad song and make it better


...And any time you feel the pain, hey, Mariela, refrain
Don't carry the world upon your shoulders
Well don't you know that its a fool who plays it cool
By making his world a little colder...

-

Hoje, apesar de eu ter dançado a manhã toda, ter passado a tarde passeando pela Praia do Canto sentido o vento frio no rosto, sentar pra comer torta de morango com café forte e conversar bobagens com a irmã, tudo estava cinza. Então, Mariela, "take a sad song and make it better"...é, é isso que eu estou fazendo.

-


boa noite de sábado pra vocês, pessoas.

e tudo vai melhorar!
ah, mas vai...

Escrito por ballerina às 3:12 PM

Comment: 3

Friday, June 02, 2006

Porque é dia 2 e porque eu te amo


a razão e a emoção
meu equilíbrio
minha estabilidade
meu amor
Ah!
é da alma
é pela alma
tá na alma
na minha alma
e não vai sair
porque é ali o lugar
porque tá marcado
e porque é amor
me faz bem
me consome
eu consumo
amor que explode
e brilha
e se espalha
amor que eu sinto
que eu alimento
que eu não guardo
porque amor é pra ser solto
livre
demonstrado
entendido
quanto mais se dá, mais se tem
é de química
é de pele
é de toque
é de espírito
é de mim para você
só você
sempre você
você
que me faz feliz
que me tira sorrisos
wue me derrama lágrimas
Ah, você
você que é meu
meu amigo
meu menino
meu homem
meu amor
meu dan!

Escrito por ballerina às 2:32 PM

Comment: 2

Sou um narcisista, o melhor artista, dessa festa popular...

Eu? Ah, eu sou a típica menina - da - classe - média - brasileira - de - estatura - mediana: alguém que estuda ballet clássico desde os 4 anos mas que tem a paixão assumida pela dança contemporânea; alguém que considera a química a mais perfeita das ciências, mas também morre de alegria num livro de romance. Eu sou aquela que só toma café com leita sem açúcar, que só usa meias "bonitinhas", que odeia meninas da minha idade falando igual criança e forçando brincadeirinhas, que reprovou 2 vezes na prova de trânsito e ainda passa em cima de alguns meios-fios, mas que passou no primeiro vestibular, que tem um namorado a 1000km de distância e tenta transformar saudade em coisa boa, que tá sempre com frio, que é geminiana nas qualidades e nos defeitos, que odeia pipetar por já ter bebido clorofórmio, que é capixaba mas praticamente não vai à praia, que não come caranguejo por ser "peludinho", que criou hamsters a infância toda, que não sabe andar de bicicleta, que tem medo de anestesia, que sonha em aprender sax, que é canhota, que sempre estudou muito, que é fraca pra bebida, que odeia aparecer, que fica toda empolada quando chora, que tem o cabelo marcado por três anos de tinta vemelha, que não usa seu aparelho móvel e nem seu óculos de grau como deveria, que aprendeu a gostar de gente, mas que quase sempre hasita a confiar nelas, que por medo de se iludir se mostra uma pessoa negativa, que não gosta muito de sair de casa, que é tímida ao seu modo e que tem "cara de ratinho", que odeia batom e salto alto, mas nem por isso não é feminina. Eu sou aquela que quando está triste dorme ouvindo Simon & Garfunkel, que deitava na ladeira de Guarapari pra ver estrelas com o primo que já se foi, que é perigosamente ciumenta, que recebia um botão de rosa de seu avô em todo 10 de junho, que odeia gente sonsa, mel e geografia. Alguém que sonha em ter uma casa com horta e filhos e cachorros, que quer ser pesquisadora industrial, que vai ter pra sempre sonhos infantis, que acha que toda forma de amor é válida, que no fundo todos são felizes e que Beatles é melhor que Rolling Stones. Eu sou aquela que tá sempre de calça jeans e óculos escuros, que fala um pouco de francês mas que não sabe cozinhar, que quer tatuar num par de sapatilhas na região lombar e ter um fusca. Eu sou aquela, eu sou essa, eu não sou nada, mas, mesmo assim, sou muito além. Eu, simplesmente, não sei quem eu sou...


_

era pra ser blogado no próximo dia 10, meu aniversário
mas eu cheguei passando muito mal da faculdade agora
e tava com vontade de blogar
e só tinha isso pronto
então tá ai
porque um pouco de narcisismo faz bem de vez em quando
ainda mais quando se está doente
ah
e a foto
eu, por eu mesma
na Estadual do Rio de Janeiro
quando o meu grupo foi pra lá dançar no começo de maio
na hora, esperando a Cecília Kerche brilhar
mas ela passou mal
e eu fiquei na vontade de ver uma das melhores bailarinas brasileiras ao vivo
até!
_

Escrito por ballerina às 7:25 AM

Comment: 6

Meu Perfil

Nome: Mariela
Cidade: Vitória

"Mas a verdade, a verdade verdadeira que eu falar não posso, aquilo que representa o real desejo do meu coração, seria abrir os braços para o mundo, olhar para ele bem de frente e lhe dizer na cara: Te dana! Sim te dana, mundo velho. Ao planeta com todos os seus homens e bichos, ao continente, ao país, ao Estado, à cidade, à população, aos parentes, amigos e conhecidos: danem-se! Danem-se que eu não ligo, vou pra longe me esquecer de tudo, vou a Pasárgada ou a qualquer outro lugar, vou-me embora, mudo de nome e paradeiro, quero ver quem é que me acha. " - Cecília Meireles

Meus Links

:: Fotolog
:: Pelo meu Dan
:: Orkut

Coisas Boas

:: colapso verbal
:: colors and the kids
:: mesas e cadeiras
:: eu faço arte
:: balde de gelo :: i see right trought you

Últimos Textos

Arquivo